Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 18 de setembro de 2012

E sou mesmo assim, vou ser sempre assim

Este foi o post que escrevi a 31 de Dezembro de 2011.

E é um post que relembro vezes sem conta.Para mim o post que mais gostei de escrever e reler.
Quando estou cansada, quando estou desmotivada, quando estou feliz, quando estou triste, quando quero acreditar, quando já não acredito, quando desejo e quando não desejo.

Isto sou eu e as minhas contradições. Esta sou eu



Gostava de ser mais nova. Gostava de ter a idade que tenho mas parar por aqui. Gostava de viajar lá para trás quando me desse na real gana. Gostava de não ter filhos. Gostava de ter mais filhos. Gostava de ser médica. Gostava de ser produtora discográfica, realizadora de filmes underground, dançarina de ballet clássico, publicitária ou trapezista no Chapitô. Gostava de ser cantora ou barwoman em NY ou guru em Katmandu. Gostava de ir a Tokyo ou à Conchinchina ou a sítios ainda mais improváveis, a terras difíceis de imaginar. Gostava de ser gira todos os dias. Gostava de saber quem sou. Gostava de voltar a ter estilo. Gostava de escrever outro livro. Gostava de ser uma poetisa de renome. Gostava de viver em Buenos Aires, Chicago ou em Berlim. Gostava de ser actriz. Gostava de começar e acabar o pós-doutoramento só porque sim. Gostava de ter muitos amigos. Gostava de ter poucos, daqueles à séria, que não nos abandonam à primeira contrariedade. Gostava de ter uma casa senhorial na cidade. Gostava de mudar de cidade. Gostava de mudar de vida. Gostava de viver várias vidas. Gostava de ser rica. Gostava de não ter um chavo e de não me importar nada com isso. Gostava de ter mais tempo. Gostava de ler mais e mais e mais. Gostava de ter uma memória excelente e de não me esquecer do que li. Gostava de tocar baixo. Gostava de tocar piano ou guitarra ou saxofone. Alto, muito alto. Gostava de falar mandarim e cantonês. Galego e mirandês. Gostava de ser advogada. Gostava de ser o Donald e dizer You're fired! Gostava de ser diplomata ou deputada. Gostava de não sofrer tanto pelo que não vale nada. Gostava de aceitar. Gostava de acreditar que era feliz. Gostava de poder passar um Inverno num sítio quente. Gostava de fazer mais voluntariado. Gostava de fazer a travessia do canal da Mancha a nado. Gostava que nunca acontecesse nada de mal aos meus filhos. Gostava que não me acontecesse nada de mal a mim para poder vê-los crescer, namorar, casar, ter filhos. Gostava de ter um humor mais cáustico, ou sarcástico ou qualquer coisa do género in between. Gostava de ser mais independente. Gostava de ter o cabelo mais curto ou mais comprido ou assim-assim. Gostava de ser uma Evita, uma Che ou uma Madre Teresa. Ou um Andrew Zimmern, um Anthony Bourdain ou um Gordon Ramsay. Gostava de me desfazer de todas as malas e comprar "a" mala. O mesmo com os sapatos. Gostava de ser mais arrumada. Gostava que a C. ficasse com o olhão azul que tem agora. Gostava que o M. nunca perdesse as covinhas que faz na cara e ainda os seus sinais via láctea. Gostava que o A. fosse sempre o menino feliz que é, apesar do que a vida já lhe reservou. Gostava que o V. fosse sempre muito meu amigo e que nunca ficasse trinca-espinhas como os manos. Gostava que eles não fossem tão índios. Gostava que fizéssemos ainda mais coisas juntos. Que ríssemos muito e que eu não andasse sempre tão preocupada. Gostava de aplacar esta angústia que tenho cá dentro. Gostava de ser mais tolerante e calma.  Gostava de não explodir com quase nada. Gostava até de ser resignada. Gostava de gostar mais de algumas coisas ou pessoas ou cenas. Gostava de não gostar de outras. E é isto. E é assim.

8 comentários:

Pedagogia do Terror disse...

Faz tanto sentido...um beijinho.

Bi disse...

Com mais ou menos umas coisas, acho que somos quase todos assim. O ser humano é assim! Faz parte! ;)
Um beijinho

Adoro-te Mamy... disse...

Como me revejo aqui... nest post fantástico... é tudo tão simples e ao mesmo tempo tão dificl de aceder e de concretizar!
Beijinhos grandes

Vera disse...

Como eu te percebo! Faz todo o sentido! :)
Beijinho

sofia disse...

Oh rapariga...
Deixaste-me de lágrima no olho...
Disseste tantas palavras que eu digo para comigo mesma
Beijo grande!

Princesa disse...

E é assim e é perfeito! E eu gosto... muito!

Melancia disse...

Adoro posts em rebuliço de ideias... Porque, no fundo, todas nós temos a cabeça assim de vez em quando

at.home.ideas disse...

Adorei!!!**

http://at-home-ideas.blogspot.pt

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...