Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 28 de maio de 2014

A minha experiência com a Purah – alisamento escova progressiva



Os meus pais vieram visitar-nos no fim-de-semana. Quando cheguei a casa, vinda de uma reunião na Quinta onde vai ser o 4D&Friends, a mãe já lá estava. Das 1ªas coisas que me disse foi “Fizeste o alisamento da Purah?” e eu assustei-me. Cheguei a pensar que devia ter uma etiqueta no cabelo ou qualquer coisa do género. Como é que a mãe sabia? Fácil, Sherlock Holmes, tinha visto um saco com os produtos, champô e máscara, lá em casa. Disse-me que andava há uns tempos para fazer um, mas que tinha algum receio que o cabelo ficasse com aquele aspecto estranho - muito agarrado à cabeça. Só que ao ver o meu, que estava fantástico, tinha-lhe aguçado novamente a vontade de experimentar. O mais curioso é que falámos de valores e este que fiz estava definitivamente mais em conta do que os preços que a mãe conhecia. A Marisa já me tinha referido isso, mas quando confirmamos com alguém que não tem nada a ver com o assunto, ainda é melhor.

E pronto, elogio de minha mãe é algo muito sério e a ter em conta. Não é pessoa de elogiar só por elogiar. Definitivamente percebi ali que realmente tinha valido a pena.



A Marisa, da Marisa Imagem & Alda Roque, um cabeleireiro recente numa das zonas mais sofisticadas de Coimbra, convidou-me a fazer um alismaneto/tratamento/escova progressiva Purah.

Já falei imensas vezes do meu interesse sobre este tema e já fiz 3 alisamentos, dois japoneses e um indiano – estou cada vez mais internacional! Infelizmente tive sempre de me deslocar a Lisboa porque não encontrei cá nada que realmente me agradasse.


O convite da Marisa veio numa óptima altura. Fez-me ter vontade de experimentar e fez-me ficar muito curiosa sobre os resultados. Não tenho cabelo afro, nem cheio de caracóis. Tenho cabelo forte e com muitos jeitos.


Este é de todos os alisamentos o menos agressivo, sendo até considerado um tratamento, porque revitaliza imenso o cabelo. Fica tão hidratado e brilhante que dá gosto. Perfeito!


Estava com medo daqueles primeiros dias, em que não se podia lavar – nem apanhar ou colocar atrás das orelhas, para não vincar. Como ia trabalhar estava super preocupada se ficaria com aspecto oleoso e meio blhac. Que nada, nem um pouco.

Depois voltei a ter medo do resultado após primeira lavagem em casa. Laveis, usei os produtos que são indispensáveis (mas calma, os dois produtos ficaram por menos de 30 euros) e sequei com o secador, usando apenas os dedos (pode-se também usar prancha). E ficou impecável.


Pelo que a Marisa me disse, o alisamento dura de 4 a 6 meses, dependendo do cabelo, e principalmente se usarmos champô e máscara sem sal (aconselham-se os da marca). Todas as mulheres podem fazê-lo – grávidas, mamãs a amamentar, com coloração ou madeixas. Se se conseguir lavar no máximo 3 vezes por semana, já que as lavagens reduzem o efeito do alisamento.


Eu fiquei completamente fã e, de facto, 80 euros é um preço fantástico, comparativamente aos 150 e 160 praticados em outros espaços.


A Marisa trabalha com a Redken e em parceria com a marca ainda tem dois dias por mês chamados de dias low-cost.


Vale a pena visitar! E muito obrigada pelo convite.



Rua Jorge Anjinho lote 11 Rc Dto C, 3030*428 Coimbra
239 403 348













SIGAM-ME // FOLLOW ME ON

8 comentários:

Anónimo disse...

Viva Sofia!
Também fiz este alisamento há cerca de 2,5meses, mas não foi a maravilha que me venderam (e venderam-me bem mais caro do que diz, compensa ir aí a coimbra fazê-lo!).
No primeiro mês realmente o cabelo ficava bem só com uma passadela com escova larga (mas bem, sempre com alguns jeitos) e isso foi o que me animou após a despesa, uma liberdade que me deu, porque sempre passei demasiado tempo a domá-lo.
Mas desde de meio do 2º mês que tem vindo a ficar cada vez mais rebelde e agora as duas madeixas da frente já tem que levar com uma escova de brushing, embora o resto ainda aguente.
Não sei como é o seu cabelo de base, o meu é ondulado a partir do meio, com raiz lisa, mas fazendo cachos no fim (e dando aquele ar de provincia que me tira do sério, aqui para nós!). Também tinha um medo terrível de ficar tipo chinesa, detesto! Por isso quando lavei a primeira vez e vi alguns jeitos a esboçarem-se até respirei de alívio :)
Outra coisa que notei é que me aumentou muito a tendência para ficar oleoso em muito menos tempo, sobretudo nos primeiros tempos após o processo, e não senti propriamente uma grande hidratação.
Aliás, senti nitidamente que o cabelo tinha sido "agredido" e talvez daí a resposta em oleoso!
E o cheiro esquisito ainda não passou totalmente...
Talvez porque tenho necessidade de o lavar quase todos os dias que não foi nada duradouro!
Bem, isto para dizer que fiquei contente com esta partilha e que pedia se mais para frente podia dar uma actualização.

E já agora tem achado este alisamento melhor que os outros?
Foi o primeiro que fiz.

Um beijinho
M.

4D disse...

Olá M! peço desculpa pela demora na resposta.

Eu até agora só tenho a dizer bem. De facto, o preço é mesmo esse. O cabelo está muito bom, sem cheiro algum e sem oleosidade. O que me disseram logo foi que usasse o secador e ajeitasse com as mãos ou a prancha, quando secasse.
Eu tenho o cabelo forte e mais ondulado na raiz e mais liso nas pontas.

O meu alisamento japonês deixou o cabelo mais escorrido e com menos volume. Acredito que este não dure tanto, porque o japonês é considerado definitivo e este é progressivo.

Neste momento estou francamente satisfeita. Mas gostei da ideia do update. Se eu me esquecer relembre-me!!

Um beijinho

S

4D disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
inês disse...

Sabe me dizer quando são os dois dias low cost por mês?

4D disse...

Inês, obrigada pelo seu comentário. O mais fácil será telefonar para lá. na altura fiquei com a ideia de que não eram sempre os mesmos dias, ou seja, não eram dias fixos.

Se lá for diga que veio daqui! vale a pena :)

Beijinhos

Catarina disse...

Ola!

E que tal? Quanto tempo durou?

Muito obrigada pelo testemunho!!!

4D disse...

Olá Catarina! Obrigada eu pelo seu comentário!

De quase não ter de lhe mexer, durou 4 meses - mas apanhou a parte mais complicada do ano, que é da praia. De Setembro para cá foi perdendo, mas o cabelo ainda não está igual e já vai fazer 7 meses! Com a placa, em casa, consigo arranjá-lo muito mais facilmente do que antes e continua muito mais brilhante.

De facto, no meu caso só tenho a dizer bem.

Beijinhos e bom Natal.

Isa perdigao disse...

Sei que os vossos comentários já têm 1ano mas vou fazer o meu pela primeira vez e vou pagar pelo alisamento e produtos 60€. Estou ansiosa para ver como fica e quanto tempo dura.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...