Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Eduardo e Margarida

Ele foi meu professor. Tenho-lhe um carinho imenso. Foi interessante que quando quis levar um dos meus filhos a uma consulta dele, no fim ouvi um simples "colegas não pagam". Já há pouco disso por aí na nossa profissão. É de uma doçura indescritível. E é mesmo assim. Seja para miúdos do 2º ano, seja para estudantes de mestrado, seja em neurofisiologia ou em psicoterapia psicodinâmica, seja numa sala cheia de gente ou com meia dúzia de gatos pingados. Ele é mesmo assim. Claro que havia colegas que lhes dava o sono e outros que diziam que ele dizia sempre o mesmo. A mim embalava-me com as sua cadência e as suas ideias. E pensava que quando fosse grande quereria ser assim.

Ela entrevistou-o. Ela é parecida com ele, na doçura das palavras, nas ideias sábias que transmite, no abraço que nos envolve mesmo quando não nos pode tocar.

E da conversa deles saíram muitas ideias. Eu retive estas para mim. E ofereço-as a vocês, se as quiserem aceitar.






http://ww1.rtp.pt/icmblogs/rtp/espumadosdias/index.php

2009-07-10



As pessoas desencontram-se delas próprias.

As pessoas vão-se resignando…
As pessoas da nossa vida nunca jogam no meio campo. Ou tornam-nos pessoas mais bonitas ou matam-nos devagarinho.
A função primordial da memória é promover o esquecimento.
Deprimimos quando vamos acumulando desamparos e quando nos vamos decepcionando em suaves prestações.
As pessoas que foram mal amadas exigem ser adoradas.
As pessoas que nos amam têm obrigação de saber mais de nós do que nós próprios.
As pessoas falam muito pouco. Na casa das pessoas fala-se muito pouco.

Faz muita diferença estar deitado ao lado do grande amor da nossa vida ou do nosso melhor amigo.

A esperança e o optimismo são diametralmente opostos.
Se alguém for capaz de pôr legendas naquilo que nós só sentimos, isso é fantástico.

É preciso namorar com a vida.

Quando ficamos transparentes, quando pomos legendas naquilo que sentimos, ao contrário do que nos ensinaram, ficamos muito mais bonitos.

12 comentários:

Kiki disse...

Sá? :)

Rita disse...

Foi meu professor no 1º mestrado que fiz. Lembro-me que aquelas horas passavam a correr. É maravilhoso mesmo!

Maria disse...

Noutros tempos, já há muito idos, também foi meu professor e, tal como tu, adorei cada aula :)

Duchess disse...

:)

Sá indeed.

macaca grava-por-cima disse...

obrigada pela partilha.

Nônô disse...

FABULOSO!

Só sedas disse...

:) gostei muito!

Uma boa parte de mim disse...

:)))))

(não, não é duplo queixo, é um sorriso de orelha a orelha, entre o envergonhado e o feliz)

Mamã Petra disse...

Adorei!!

Santo&Pecador disse...

Adorei!
Ele não conheço, ela mora no meu coração. Uma amiga como tenho poucas...muito poucas!

Beijo!

Duchess disse...

:) beijo!

Daniela disse...

adorei minha amiga ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...