Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 13 de março de 2012

No fim de contas são poucas as palavras
que nos doem de verdade, e muito poucas
as que conseguem alegrar a alma.
E são também muito poucas as pessoas
que nos fazem bater o coração, e menos
ainda com o correr do tempo.
No fim de contas, são pouquíssimas as coisas
que na verdade importam nesta vida:
poder amar alguém e ser amado,
não morrer depois dos nossos filhos.

Amalia Bautista

13 comentários:

Graça disse...

bonito e verdadeiro :)
****

raquel disse...

tão bonito.
tão verdade.
beijo grande*

Kiki disse...

Que grande senhora! AMEI! Obrigada! :)

Kiki disse...

Vou levar! ;)

Mamã Petra disse...

É mesmo isso. Acredita a vida já me demonstrou isso.

Muxy-Muxy disse...

O poema é tão bonito.
Resposta à gaja é mesmo tinta. Tenho uma pré definida que a menina da Lúcia piloto fez e uso sempre essa. Não há qualquer problema com a amamentação.
Beijinhos

Sandra disse...

Tão LINDO ....

Beijo meu.

Sandra Gonçalves

Duchess disse...

Muxy: obrigada!

O poema é realmente lindo!

Beijinho a todas

Ri+John disse...

Olha que fiquei 5 minutos a olhar para o computador com um olhar vago. É que é mesmo isto, caramba!! :)

Ri+John disse...

Gostei tanto que partilhei no meu blog!! :*

Duchess disse...

leva sim:)

Só tenho pena de não conseguir, através do teu nick, aceder ao teu blog.

Nana disse...

Sublime e perfeito. Levo para partilhar. Beijocas*

Duchess disse...

:):)
Beijinho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...