Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Gente gira como nós - Tapas na Língua


Tapas na língua






Olá Ana. Cheguei ao teu blog não através de outro blog mas de uma imagem daquelas com frase. E já nem consegui desligar mais o computador para não te perder de vista.

1-     Tu mostras-nos comidas maravilhosas, bebidas de querer saltar para dentro do ecrã, diy do mais simples-e-fantástico-não-há. As fotografias são deliciosas (queres-me fotografar? Aceita lá o desafio, com direito a panning e tudo), os textos, por mais pequeninos que sejam, parece que neles habitam as palavras certas. Têm musicalidade, coisa que me apaixona. Então no que é que tu não és boa, conta lá!

Obrigada pelos elogios, mas… ui…não sou boa em tanta coisa. Há coisas que eu adorava saber, mas acho que não tenho queda: adorava saber tocar harmónica e ainda não consegui com sucesso, adorava saber surfar, mas já não treino há muito e só me consegui pôr em cima da prancha para aí umas 5 vezes. Não sou boa a fazer fretes nem sorrisos amarelos. Não sou boa a andar de saltos altos, e tenho dias em que não sou nada boa a poupar dinheiro. :)


2-     Os livros de psicologia dizem que para criarmos auto-estima naqueles de quem gostamos devemo-los elogiar, elogiar muito. Como é que tu elogias o teu blog? O que é que nos podes dizer sobre ele?

Para mim o meu blog é o meu refúgio, o meu casulo, uma das melhores partes de mim. Lá eu sinto-me bem e tento fazer com que quem me lê, sinta o mesmo. Todos os dias partilho pedaços de mim, coisas triviais e positivas. Cada vez mais, penso que devemos dar valor às coisas mais simples que nos rodeiam.


3-     3º lugar no blog revelação 2011. Que tal a sensação?

Primeiro, foi uma agradável surpresa, até porque desisti da corrida na última fase, e ainda assim o Tapas conseguiu um lugar no pódio. Todo o processo foi muito engraçado, mas depois chegou a uma altura em que percebi que não tinha muito jeito para “campanhas eleitorais”. Mas foi muito bom porque conheci novos blogs e também novos e fiéis leitores.

4-     “Porque a grande maioria que visita este blogue todos os dias, não tece comentários, o que torna ainda mais difícil a tarefa de perceber o que vocês pensam”. O que pensas que pensam sobre ti? E sobre o teu blog? Como é que achas que as pessoas te imaginam? E qual o feedback que tens realmente recebido?

Curiosamente, depois de ter mostrado que gostava que as pessoas comentassem mais, comecei a receber mais feedback. Pelos comentários e emails que recebo, sinto que os leitores se sentem bem à vontade comigo, talvez por me lerem todos os dias, ficam com a sensação que me conhecem (e eu a eles). Quando recebo e-mails, muitos perguntam-me o que faço, onde moro, se sou casada, onde aprendi a fotografar, a cozinhar, etc. É engraçado e estranho, porque também eu como leitora de outros blogs tenho essas curiosidades relativamente aos autores. O feedback tem sido cada vez melhor, e é muito bom ver gente nova  “a chegar” e a acarinhar todos os dias o blog. ..Daqui e de outros países por esse mundo fora.


5-     Eu gosto de tatuagens e sei que a tua melhor amiga tem uma linda. E tu, não tens nenhuma? E um sinal de nascença? E um defeito?

Ao contrário da minha amiga, eu sou muito cobarde para essas coisas. Só tive coragem de fazer um piercing no nariz há uns 10 anos atrás.  Sinais de nascença, não. Mas podemos dizer que sou a “maria-sardas-do-sol”.

6- Vou-te ensinar uma bebida, queres? Conheces a french, do filme Casablanca?

Ensina-nos tu uma a nós

Isso parece-me muito bem. Claro que quero aprender. Bom, posso aconselhar-vos o Sunset Kiwi Cocktail, (que podem ver aqui: tapasnalingua.blogspot.com/2011/10/abre-boca-e-fechas-os-olhos-5.html).
Além disso, já deves ter percebido que eu sou fã de sangrias, frescas, com vinho ou com champanhe, muita fruta, canela e hortelã.



7-     Sabes que temos o café zero em comum?
Não sabia, mas não acho difícil…É tããããão bom!

8 – Sabes que foi contigo que conheci a Elisa Rodrigues e a Mallu Magalhães?

Obrigada. Atira-nos mais dois nomes destes deliciosos, s'il vous plait.

 

Humm…eu adoro soul, blues, funk, reggae, dub, MPB. Não ando sempre à procura de artistas novos, mas quando ouço de raspão alguém que não conheço e gosto, mal possa vou tentar descobrir mais e mais desse músico.
Ultimamente não me tenho cansado de ouvir Jill Scott, Mara Hruby, Lizz Wright, Yuna, Herbaliser.

9-
Uma palavra para Aveiro? Raízes
Uma palavra para Zambujeira? Paraíso
Uma palavra para Alentejo? Paz
Para palavra para a Invicta? Minha
Uma palavra para o teu amendoim? Amor
Uma palavra para comida? Prazer
Uma palavra para Smooth Fm. Companhia


10- “E lá vem aquele nervosinho delicioso outra vez, característico de quando acabamos de ter confirmado os bilhetes de avião para mais uma grande viagem...”

Diz-nos por onde já andaste e qual é aquele sítio que tens mesmo de ir um dia.

Já andei pelo Brasil (Nordeste e São Paulo), África (Moçambique e África do Sul), Europa (França, Inglaterra, Itália, Grécia, Polónia, República Checa, Croácia, Eslovénia, Alemanha, Espanha, Andorra). Segue-se a Ásia: Vietnam, Cambodja, Laos e Tailândia.
Gostava muito de ir à Austrália, e corrê-la de uma ponta à outra.
Mas também já conheci o meu país de norte a sul, litoral e interior, e ilhas. E acho que antes de vermos o mundo, devemos conhecer o que nos pertence. Porque está aqui à mão de semear, Porque é bom, é bonito e é nosso. Continuo sempre à procura de mais cá dentro. Adoro o Alentejo, o Gerês e os Açores.


11- Falas da “tua” empresa. Em que área é que trabalhas?

Digo “minha”, mas é uma forma de falar. J Trabalho em assessoria de comunicação.

12- Locutora de rádio? Smooth Fm?
Fala-me um pouco desta rádio que, confesso que não conhecia.
E qual a tua rádio preferida? Então significa que também tens voz sexy (a juntar a tudo o resto?)JJ

Trabalhei alguns anos em rádio, e sentia-me bastante completa atrás do microfone. Comunicar com liberdade. Conhecerem-me apenas pela voz e não pela cara, era muito engraçado. O anonimato torna tudo muito mais misterioso e aliciante. Nunca trabalhei na Smooth, mas sim no grupo da Smooth.


13- Até onde te li não falas muito de filhos, embora tenha percebido que tens um sobrinho que é tudo para ti e que esperas vir a ter filhos, num futuro mais ou menos próximo.
O que vai mudar em ti se e quando fores mãe? Imagino que o teu medo aumentará, medo que alguma coisa corra mal. Sei que falaste disso quando falas sobre acidentes de viação.

O que é que vai mudar em mim? TUDO!!! E não estou a falar do tamanho… Se eu já sou uma tia super galinha, imagino-me como mãe. Sempre ansiei por sê-lo, e agora o sonho (se tudo correr bem) está mais perto que nunca.



14- Já aprendi esta com o teu amendoim. E ensinei aos meus que adoraram e que foram logo dizer ao pai.

Ele - Tia!Tia! Já sei dizer "peixe" em inglês.
Eu - Ai sim? Então como é?
Ele - Fish. E também sei dizer "cardume"!
Eu - Uau!!! Como se diz?
Ele - Bueda Fish!


Tens outra dele assim mais recente?

Sim… :)

Ele - Tia…q nome se dá a um cão com febre?
Eu - …humm…cão doente?…
Ele - Não… cachorro quente!



15 “Tentando sempre confrontá-las com uma questão que nunca lhes tinham colocado e de retirar dessa conversa o melhor das pessoas”

Diz-me uma pergunta que nunca te fizeram e que achavas que seria A pergunta.
“Porque é que tens tanto medo de arriscar?”

16- “Porque é que não temos dificuldade nenhuma em dizer AMO-TE [com todas as letras] a amigos e namorados, de abraçá-los até ficarem roxos, e com os nossos pais a coisa muda de figura?”

Esta marcou-me. Queres responder à tua própria pergunta?
É uma pergunta para a qual ainda não encontrei resposta… Mas se não conseguirmos dizê-lo com todas as letras, pelo menos devemos demonstrá-lo em gestos e atitudes.

17 - Qual o teu maior sonho e qual o objectivo que, mesmo que longínquo, queres mesmo atingir?

Tenho vários…gostava de dar a volta ao mundo num veleiro. Gostava de abrir um restaurante ou uma boulangerie só com produtos orgânicos. Gostava de publicar um livro de receitas. Gostava que a minha fotografia fosse “mais além”.

18- Tenho aqui no blog um botão de procurar palavra-chave. Que palavra procurarias?
E o que é que encontraste?

Procurei a palavra “entrega”…porque ser mãe é mesmo isso, uma entrega total. E encontrei este pedaço de texto: “Pessoas que têm garra, perseverança e entrega, muita e muita entrega. Eu tento ser assim, mas nem sempre consigo. Mas tenho cá para mim que mais importante do que conseguir sempre, é não desistir de lutar. Lutar por.”

19- Se tivesses de me descrever com base no último post que escrevi, como é que me descreverias?
Genuína, perseverante e muito muito, muito sonhadora (como eu).

20- Uma música para banda sonora desta entrevista
A que estou a ouvir agora: “Hit the Ground” de Lizz Wright




***Foi tão bom para ti como foi para mim?
Foi um prazer. Estou pronta para outra! Muito Obrigada







Tapas aqui e aqui

18 comentários:

Ana Lemos disse...

Parabéns Sofia...ora aqui está uma entrevista diferente e escrita de maneira gira e que dá vontade de ler até ao fim...nao conhecia mas vou passar a seguir...
like, like like

at.home.ideas disse...

Adorei a entrevista*

http://at-home-ideas.blogspot.pt

Alexa ML disse...

Não conhecia, mas adorei! Venham mais!! :):)

bebexik disse...

Muitos Parabens Sofia,

Gostei muito, diferente, fresca e com muito sumo .....
Comecei a ler e não consegui parar até chegar ao fim....
Saber escrever é um dom e fazer uma boa entrevista tambem.....


beijinhos
Raquel

Ana Cooks disse...

Olá Sofia!
Foi um prazer.
Obrigada por me teres dado a honra de estrear esta rúbrica! :)
Beijinhos

4D disse...

Ana, adorei! Obrigada eu pela confiança!

Beijinhos

CV Love disse...

Adorei! =)

macaca grava-por-cima disse...

Genial! Vê-se que preparaste muito bema entrevista, com muito amor! Gostei de ver e de ler. Gostei da entrevistada. Muito bom mesmo!

alva quase transparente disse...

Olá,
Sou leitora assídua e fã do tapas há muito tempo.
Gostei muito da entrevista e acho que ganhaste nova visitante.
Parabéns e continua

Www.alvaquasetransparente.blogspot.com

Diário emigrante by D.S disse...

Adorei a entrevista :) Sou seguidora diaria do tapas e sabe sempre bem ficar a saber mais um pouco da autora :)
*

Vera disse...

Parabéns às duas! :) Adoro o Tapas, foi uma excelente escolha para abertura!

Vera disse...

Parabéns às duas! :) Adoro o Tapas, foi uma excelente escolha para abertura!

Sofia Loves disse...

Sou seguidora das duas! Adorei a entrevista ;)

Ana Carneiro disse...

Gostei imenso! Já sigo o Tapas à algum tempo e fiquei agora a conhecer o teu blog, de que também estou a gostar imenso!

My Own Project

4D disse...

obrigada a todas pelos elogios.
agora a responsabilidade é enorme e estou assim meio que acagaçada. O melhor era reformar-me enquanto está tudo a correr bem. Ou então acaba com a rubrica. Era assim uma espécie de "é bom, não era??"

:)

beijinhos!

Aline r disse...

Gostei. além disso, não conhecia o blog e passei a conhecer também.
beijinhos

Barbara R. disse...

Não conhecia, fui espreitar e adorei!
De fazer água da boca ;)

Barbara R. disse...

Não conhecia o blog, fui espreitar e gostei! de fazer agua na boca. Aquela pizza de figos ficou-me na cabeça ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...