Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Partes íntimas

Cá em casa só havia pilas, chamadas pelo diminutivo carinhoso de pilinha. O mais velho já tinha um estatuto diferente e já não precisava cá de diminutivos para coisa nenhuma. E pronto, não havia necessidade de muito mais. 
Confesso que não sou daquelas que dá nomes carinhosos ou diferentes às partes íntimas de ninguém, nem às minhas nem às dos outros.

Mas agora é todo um novo mundo a desbravar. Agora que temos uma ela cá em casa é que começou a suscitar questões, principalmente por parte do mano mais novo. 

A C. não tem pilinha tem...

Mãe: Pipiu.
Manel: Pipiu?? Ao menos pipi.
Mãe: Não, pipiu.
Manel: Mas pipiu é tipo passarinho.
Mãe: Pois.
Manel: Oh mãe, e porque não simplesmente vagina?




6 comentários:

disse...

ca em casa dizemos pilinha e pitinha!ou zizi et zezete!

Janeca disse...

sentido prático da vida o do Manel!:)

Janeca disse...

Sentido prático da vida, o do Manel! Sem rodeios!:)

Anónimo disse...

Parece-me mais fácil ensinar logo da maneira correcta. Cá em casa temos uma menina (2 anos e meio) e desde aprendeu os nomes que na hora do banho é sempre, cabeça, pescoço, braço, maminhas, barriga, vagina, pernas ... no inicio eu achava muita piada mas para ela era igual a outra coisa qualquer, e o do pai é pénis.

Suzana

Elsa disse...

Aqui por casa sempre dissemos pipoca:) agora na escola e com os 3 anos já dizem muitas vezes pipi:)

cantinho disse...


ahahahahaha! Demais!

Eu sempre chamei pilinha e pipi.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...