Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Medo



Cada um com os seus. Eu era uma miúda destemida e desde que fui mãe tenho tantos medos. Medo de adoecer, medo de não estar cá para os ver crescer, medo que lhes aconteça alguma coisa, medo que adoeçam, medo que morram antes de mim, medo que sofram demais, medo que amem demais, medo que amem de menos, medo que não sejam felizes, medo que nos assaltem a casa com eles dentro, medo que eu e o A. possamos morrer num acidente de carro e que eles sejam separados. Medo de tomar as decisões erradas, medo de não saber educar...




E isto... o que é isto?
http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/tampoes-sao-moda-para-embebedar-jovens




Medo, muito medo das loucuras que andam a ser feitas, cada vez a pisar mais o risco, cada vez a testar mais os limites, cada vez mais cedo.




Medo, muito medo, que os meus filhos se metam em coisas destas. Sim, porque sabemos que não acontece apenas com os filhos dos outros, não acontece apenas com os filhos abandonados, negligenciados pelos pais, ou muito pobres ou, ou, ou... Acontece a todos. Estupidamente não é apenas uma questão de valores incutidos ou não incutidos pelos pais. Estupidamente é muito mais uma questão de sorte.


7 comentários:

Cristina Santos disse...

Sofia:

Como eu a compreendo!!!

Partilho da mesma angustia!

Beijinho

Cristina

Joana Bandeira disse...

Credo! Que notícia tenebrosa. Também tento tanto receio dessa fase. E é como a Sofia diz, às vezes é apenas sorte.Ninguém está a salvo de determinadas situações.

Maria disse...

Partilho desse medo...
Confio nela mas...
bjs

Li disse...

E Sofia, eu que de facto medo quase não conhecia agora é um peso que carrega que tem dias em que deita um nadinha abaixo... momentos destes em que vemos estas coisas parvas que uns inventam para outros caírem nelas...

beijinhos

Anónimo disse...

partilho de todos esses medos, também eu era uma rapariga "sem medos", destemida...quando fiquei grávida, fiquei com medo de peder(descolamento)..quando fiz amniocintese, fiquei com medo do resultado...o resultado perfeito, graças a Deus...medo que algo corresse mal até ao dia dele sair...e ansiosa que ele saisse para eu ver que estava tudo bem...e uma amiga disse-me: e aí vais suspirar e relaxar, mas não mais de 5 minutos...porque o medo vai voltar e acompanhar-te...
e assim vou vivendo nesta "bolha de medos" do que pode vir...mas tentando receber cada vez mais ânimo e esperança de que tudo vai correr bem...tentando apreciar os nossos momentos! como dizia a minha Mãe, não adianta andar sempre em cima (ela andava), afinal DEUS controla tudo!
e há ainda coisas que faço sem medo... AMO muito o meu FILHO:)
Beijinhos, Sofia.

Gisela Falé

moira disse...

Eu penso sempre, desde que fui mãe que descobri o que é realmente ter medo!!

Teresa Fonseca disse...

E medo que este país vá por água abaixo, e q eles não tenham cá um futuro.... Ai meu Deus são tantos, mas tantos medos q eu aqui ando quase a sufocar!!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...