Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Das férias IV





1 - Levei-os a cortar o cabelo à Nazaré, em Aljezur. Começa a ser paragem obrigatória nas nossas vindas para estes lados. É só por aqui ou também acontece convosco? O cabelo cresce mais, as unhas crescem mais, parece que a água salgada, o sol e a fuga às rotinas fa-los desabrochar e crescer e crescer e esticar. À Concha desenrolou-lhe ainda mais a língua e a miúda diz tudo e mais alguma coisa. E praticamente sem se enganar.

Bom, mas como estava a dizer, foram cortar o cabelo e, pela primeira vez, deixei-os escolher o corte que queriam. Achei que era uma forma de os mimar, já que me pedem imenso cortes que eu não vou lá muito à bola, talvez porque me façam lembrar jogadores de futebol. Era uma forma de os mimar e também de lhes mostrar que já têm idade para tomar algumas decisões. E acho que no fundo era também uma forma de me por à prova, de me testar, já que eu sou paranóica com os cortes de cabelo deles. Acho que foi uma forma de mostrar a mim própria que afinal é só um corte de cabelo, not a big deal.




O Afonso quis cortar bastante curto. E foram precisos 12 anos e meio para ter o cabelo assim tão curto. Mas foi cortado à tesoura, podia ser pior. Pois podia, e foi. Foi o que aconteceu com o Manel. Parece que o rapaz sonhava há muito com um corte à pente qualquer coisa e se possível com uma crista. Eu engoli em seco umas 6 vezes e disse-lhe "Ok rapazinho, mas não vais usar gel. Há limites para a condescendência de uma mãe". Mas mesmo assim ele quis cortar e veio de lá com a crista de galo enfezado que teimava obstinadamente em não subir e caia-lhe tipo franjinha para a testa. Durou 1 dia, claro. Agora não tenho um galo, tenho um m-a-g-a-l-a cá em casa. Mas vai crescer. Sem stress.




2 - E por falar em Concha e em língua desenrolada, o João Moreira Pinto, do  E os filhos dos outros, escreveu-me um mail super carinhoso onde me dizia que se tinha inspirado no meu post sobre os enganos deles, para escrever sobre isso. Eu não podia ficar mais contente, claro. Ser fonte de inspiração de um blogger que muito estimo é muito, muito bom. Não deixem de ler o post do João que está delicioso. E como umas puxam as outras, também eu me lembrei de outra palavra do Vicente que eu ADORO. Miscar. Alguém quer tentar adivinhar o que seja?




3 - Os dois segredos destas férias, prontos para serem revelados. É já agora, é já aqui. Bom, um segredo já não é novo para muitas mães, mas será certamente para outras e vale sempre a pena relembrar. O pó de talco faz mesmo milagres quando os miúdos estão cheios de areia molhada, daquela que entretanto já foi secando e se colando às pernas, aos pés e aos braços. Vão por mim. É um dos grandes - mesmo grandes - aliados das mães em tempo de férias na praia. O outro segredo li-o no que chamam já o google das mães, um grupo de mães no facebook, que já tem para cima de 6000 membros. Li que o creme para pés e pernas cansadas, gele frio, da marca Dia, era excelente, mas para a barriga. Pareceu-me que era o segredo mais bem guardado deste verão, que fazia maravilhas na luta contra a celulite, dado ainda mais o preço reduzido do produto. Eu comprei e experimentei e posso dizer que a pele fica super lisinha e macia. E já que estava a experimentar na zona errada, decidi subir mais um bocado e experimentar no pescoço, uma das zonas mais secas/ásperas que tenho. Gostei muito.





4 - A dica que para mim faz toda a diferença e que é super importante para mães de rapazes. Tenho três rapazes, como sabem. E todos diferentes. Um magrinho e super esticado, outro baixinho e outro mais bem constituído e alto - uma pequenino jogador de raguebi. E os três sempre usaram calções pelo menos um número abaixo, mas chega a ser bem mais. Por exemplo, os calções Nortada do Vicente são 1 ano e os do Manel 4 anos, os calções da Sfera são 12-18 meses, no caso do Vicente. Claro que não são todas as marcas assim, mas mesmo na Lanidor, os calções do Vi são 2 anos, quando ele já tem quase 3 e meio e os da Kiz kiz, Patachoka, também são dois anos. Os Pasito a Pasito, também na Patachoka, são dois números abaixo da idade. Nunca critico nada, mas confesso que não gosto de ver os miúdos, especialmente até a uma determinada idade - mas eu quase diria sempre - com calções largos e por baixo dos joelhos. Muitas vezes pensamos que assim duram mais, mas não é bem assim. Os meus filhos conseguem vestir os mesmos calções durante dois ou três anos seguidos. Portanto, o truque cá em casa é partes de cima de tamanho adequado à idade (excepto no Manel, que continua a ser abaixo da idade), mas os calções sempre números menores. Não gosto muito de ver rapazes de tanguinha, mas adoro ver rapazes com calções curtinhos.




5 - Jantar nas Azenhas do Mar, camarão frito, ameijoas à bulhão pato, sapateira, ou tudo o que se quiser porque é tudo excelente. Almoçar no Careca, em Vila do Bispo, que tem das melhores lulas recheadas deste mundo e arredores. Mas um simples bife grelhado já nos leva ao paraíso. Vão por mim.





































Praia de Vale Figueiras

Concha saída de praia 4D & Tapa Fraldas
roseta Amor Algodão
colar Terços da Lupinha

Vicente casaco 4D & Pendant
calções Tommy Hilfiger








Praia de Odeceixe

fdb Maria do Laço, touca Mix Your Life, colar Terços da Lupinha











Praia de Odeceixe

blusinha de gola Nas Estrelas, casaco 4D & BebéZé, calças Zara
balde vintage

6 comentários:

vidasdanossavida disse...

Há anos que não vou à Azenha fazer uma mariscada!! Que saudades. E pensava que o meu lingrinhas de 3 anos e meio era o único que ainda usava calções para 12, 18, 24 meses conforme as marcas. Bjs e boas ferias

Janeca disse...

Partilho inteiramente a teoria dos calções para rapaz. Para mim, curtos e pouco largos! (muito mais sixties!!:)) O L. faz 4 anos dentro de umas semanas e usa uns calções de banho da Metro de 18m e outros da Knot de 2a. O V. com qs 2 anos continua nos de 9-12. Acho que não somos nós que gostamos dos calções curtos...as marcas é que têm dificuldades em dimensionar!;)Ah, e os calções cá em casa tb duram anos (o V. chega a vestir uns de algodão da H&M de 4-6 meses!:P)Tanguinha em rapaz, confesso que nem para a Natação gosto...

Sofia disse...

Eu tenho esse "problema" com o Afonso. Tb detesto ver os miudos com calçoes e afins compridos. Tenho dois calçoes dele que fizeram este ano o terceiro verao :) sao de elastico na cintura( este ano ja foi sem botao nos elasticos loool). Por norma os calçoes de 2-3 anos ficam lhe bem,mas noto que quando se senta apertam um pouco e fica desconfortavel. Usa o 3/4 e nao o 4/5 como supostamente devia ser e praticamente todos os amiguinhos dele usam. Mas mais pequenos ficam lhe melhor sim ;)

Inês Duarte disse...

Também tenho 3 rapazes e compro SEMPRE os calções de tamanho abaixo. Gosto mais de ver assim e também não andam sempre a puxá-los para cima.
Acontece o mesmo com calças de ganga e calções de rua, ficam sempre melhor no tamanho abaixo...

Joel Carvalho disse...

Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado! um blog engraçado

http://ocarteiravazia.blogspot.com/

Princesa sem Reino disse...

Eu sei que o comentário tem zero que ver com este post (as fotos estão de se comer!!!) mas... PARABÉNS à Concha!!! Espero que tenha sido um dia muito feliz e especial para a tua Família a 4D! Um grande beijinho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...