Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 3 de dezembro de 2011

Everybody's looking for something.


Alguns refugiam-se em amigos virtuais que depois não querem ou não conseguem transpor para a vida de todos os dias, alimentando cada vez mais o tal isolamento. Não se esforçam por criar redes relacionais reais porque já as têm virtuais, mas essas não os levam a jantar, não lhes dão abraços nem vão com eles ao médico quando é preciso.
                                                          Isabel Leal, psicoterapeuta

Não sei se é considerado por alguns de vós um tema já batido mas, para mim, é  mais do que actual.

9 comentários:

Marta disse...

A verdade é que facilmente se tem mais amigos virtuais do que reais.

Maria disse...

Ora aí está uma grande verdade!
Embora eu pense que ambos são importantes mas há que lhes dar o devido peso e não basear as nossas redes relacionais apenas no virtual, porque realmente são os outros que estão lá quando é preciso (mas mesmo aqui nem todos...). E sim, é um tema sempre actual.
bjs

Duchess disse...

Sim, é isso Maria. Ou então deixamos que os amigos virtuais, alguns deles pelo menos, ultrapassem essa barreira e cheguem à vida real, dos toques e dos abraços, das expressões faciais e tons de voz.
Não acho nada mal que possamos ter amigos, bons amigos, que tenham nascido desta forma, aparentemente estranha, mas que não é assim tão estranha ou actual. Eu tive uma penfriend da Grécia, quando tinha uns 13, 14 anos. E só não nos vimos porque éramos ambas muito novinhas. E aqueles que começaram a namorar por cartas e que casaram por correspondência?
Assim como não acho mal nem pouco saudável ter alguns amigos que sejam amigos virtuais e que não tenham forçosamente de passar para a vida real. O mais importante de tudo é haver equilíbrio. E por vezes não sei se há. Essa é que é a minha dúvida. Tenho quem me dê imenso carinho à distância mas não tenho quem me fique com os meus filhos em caso de emergência. Sim, porque até a minha mãe entra neste role de amigos via fb:):)

Maria de Lurdes disse...

É muito verdade e pouco saudável, muito pouco saudável. Estabelecer relações é bom a qualquer nível, mas enquanto ter apenas relações reais me parece bem, é o default desejável, ter apenas relações virtuais é muito mau. Pior só não ter relações de todo...

Maria disse...

Sim, o equilíbrio é o fundamental.
Quanto a isso da mãe entendo-te, porque a minha está no mesmo role que a tua ;)
bjs

Kiki disse...

Pior que isso é os amigos reais passarem a virtuais!... Tenho um ou outro assim... Acham que ler um post no blogue ou pôr um like no fb substitui o café, o abraço, o telefonema...

Duchess disse...

Sem dúvida, sem dúvida. Faltou-me essa alínea:) Parece mentira mas também é muito verdade. Enfim...

Flores disse...

Eu acho q tenho conseguido esse equilíbrio. Já me chegaram tantas coisas boas vindas directamente do virtual.

Duchess disse...

Eu sei que sim Flores e fico mesmo muito feliz por ti. Tu sabes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...