Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Mudanças ou a segunda casa e a estória de um re-começo

O meu filho mais velho vai para o terceiro ciclo. Ena, estou a ficar crescida. É incrível esta sensação de ter um filho a acabar o 6º ano. 
E falta-lhe apenas o exame de matemática, na sexta, para estar definitivamente de férias. E não sei porquê mas acho que está tão perto de começar a adolescência. Sinto-o nos pequenos gestos, nas pequenas palavras atiradas como se gozasse com a vida, como se quisesse começar a enfrentar o mundo, à sua maneira. Acho que "o depois das férias" vai ser uma espécie de "e depois do adeus" à sua meninice. Tão perto que até dói e mete medo. Mas é tão bom também.

Ainda não sei se fica ou se sai do colégio, confesso. É uma decisão difícil que temos de tomar.

E este post também é dedicado à C. grande da Ana (Cacomae), que é finalista. E é dedicado a todos os vossos meninos que têm de mudar de colégio.

Este foi o texto que escrevi ao A., (e à turma do A.) há precisamente dois anos atrás, quando acabou o 1º ciclo e mudou de poiso.


A segunda casa e a estória de um re-começo

Conta-nos uma estória, pediram-me.
E eu contei uma estória de meninos, de alegrias, de vivências, de saudades.
Falei-lhes daquela segunda casa. De um adeus que vem a chegar.
De uma tristeza que faz parte de quem cresce, de quem se solta de mansinho, e começa de repente a voar.

Foram crescendo, cuidados por segundas mães (e pais). Por tantos abraços e afagos, por sorrisos rasgados, por reprimendas bem dadas. E tanto, tanto mais.
Foram crescendo. Acreditando. No saber. No amor. Na urgência de fazer sempre diferente e melhor.
Foram crescendo. Aprendendo. Criando e desfazendo. Confiando. Com desejo. Com afecto. Com respeito verdadeiro. Pelos outros. Por si próprios. Nos vínculos tecidos em tantos anos. Em laços de seda e de corda. E com nós de marinheiro.


Expliquei-lhes com palavras doces que as separações não acontecem no coração nem na memória daqueles que se gostam. São apenas físicas.
E eles sabem disso.

E agora uma nova etapa aproxima-se.
Feita de novos encontros. De novos lugares e saberes.
Se vai ser fácil? Talvez. Porque têm sempre onde voltar.


E quase no fim vos dizemos:
Aventurem-se. Sejam fortes. Maravilhem-nos com o que são. Com o que se fizeram. Com o que continuam a ser. Com o que se estão a tornar.
E lembrem-se sempre,

O mundo divide-se entre os que se perdem e os que se encontram. Entre os que não sentem nada e os que vivem apaixonados pelas defesas das suas causas. Entre os que não acreditam e se arrependem e aqueles que não se arrependem (quase) nunca daquilo em que acreditam.

E lembrem-se sempre,

Temos tanto orgulho em vocês!

10 comentários:

Artesanato da Táta disse...

Olá Sofia,
Como eu compreendo esse re-começo, este ano tenho 2 novas fases na minha casa, a L. que vai para o 10* ano ( com todas as duvidas do mundo em relação ao que quer fazer em relação à área ) e o M. que ira para o 7* ano num liceu.
ORGULHO, MEDO, ANSIEDADE, são os sentimentos que tenho.
Bjs
Isabel

Full-time Mom disse...

Gostei muito deste texto. Eu sou uma das mães cujo filho muito provavelmente mudará de jardim de infância já em setembro. Bjs

Ana Princesa disse...

As mudanças custam tanto!!
E quando sigo um grupo de pequeninos até aos 4 anos e depois, eles têm que voar para outra escola...
Corta-me o coração!
São uns doces que eu ajudei a criar... Não há como evitar as lágrimas, antever as saudades e guardar na memória crianças tão boas e pais tão especiais!

Texto lindo!

:)

Ana Lemos disse...

este texto foi directo para a impressora e vai ser relido no dia antes do 1º dia dela...amei e nao vou esquecer mesmo

Ana a mae da C.grande

TERRA DE CORES disse...

Gostei tanto, mas tanto de ler este post...

Precisava mesmo de ler as tuas palavras! Até me sinto mais leve na decisão (já tomada, mas difícil) de manter o F na mesma escolinha... porque estas mudanças são decisivas e importantes, em qualquer idade.

E o A. é tão especial... um doce!

Acho q tb vou imprimir reler...

Bjs gr <3

Mãe das Marias disse...

Lindo! A minha menina tb vai mudar, sai do infantário para a pré... Ai coração apertadinho!!!

beijos*

Mum's the boss disse...

que texto mais lindo... obrigada :)

Duchess disse...

Obrigada a todas!

Su disse...

Que bonito! Tão sentido!!

Mamã Petra disse...

O texto é fantástico e eu este ano estou a viver assim 2 experiências fantásticas o meu filho mais velho vai para a Universidade, e o mais novo entra para o 1º ciclo, apesar de já ter passado pela experiência 3 vezes antes dele é sempre a 1ª vez, porque como tu dizes todos os filhos são diferentes, a Universidade vai ser o 1º, já que o meu mano foi para a Força Aerea Voluntário e foi lá que tirou o curso. Beijinhos e até já ...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...