Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Pergunta da semana - semana 23

What's your biggest "what if"?

24 comentários:

eu disse...

..... eu finalmente seguir o meu sonho e sair daqui?!

Lilian disse...

"What if God was one of us?", não havia uma música assim?

Full-time Mom disse...

"What if I had tried harder to breastfeed Minúsculo?"

Ana Lemos disse...

...tiver mais um filho? Gostava que fosse rapaz<3

macacagravaporcima disse...

e se eu ganhasse o Euromilhões?

bebexik disse...

...if my son died....

Duchess disse...

Agora não me consegui conter.
Só vos queria dizer que gosto tanto de vocês. Obrigada por este momento de culto.

Beijo

S

Kiki disse...

Que engraçado, todas as respostas apontam para uma coisa que poderia acontecer no futuro. E a minha aponta para o passado... Não extrapoles sff... :/

What if...
Eu tivesse mesmo ido para Bruxelas em 2004?...

Acho que vou morrer com isto entalado! :P

Maria disse...

Bem, o meu (ou meus) What if andam mais lá para o passado, talvez porque do futuro espero o que vier e no passado é que estão os "ses" que poderiam mudar (ou não), aquilo que é o hoje. Mas como não vale a pena olhar para trás e para o que foi ou poderia ter sido, pois o que já está já está, não vale a pena falar nisso ;)
bjs

Duchess disse...

Sim, também acho que os what if são sempre do que não se viveu e se questiona como seria se se tivesse vivido.
Eu faço esta questão a mim própria muitas vezes. mas é mais como o filme. Por vezes penso não em grandes coisas mas em coisas aparentemente pequeninas. Como seria se não tivesse ido estudar para a cidade para onde fui? O que seria se naquelas férias tivesse aceite um pedido de namoro? O que aconteceria se tivesse começado a trabalhar num outro sítio...

as pequenas ruelas que seguimos pela vida fora. O que aconteceria se tivesse entrado na rua ao lado?

:)

Estou a filosofar dado o adiantado da hora e da falta de um sono reparador e do cansaço de ver tantos testes!

Beijinhos

Anónimo disse...

Nao consigo decidir nenhuma, tenho varias, profissionais, de saude, algumas complexas....
mas pronto, um dos meus "what if" ao longo dos anos tem sido a ideia do que seria mudar o meu rumo profissional,.. e uma questao que me vem muitas vezes....
bj
Patricia

Sofia disse...

Como os do passado são muitos mas inalteráveis, acho que estou com a Ana... What if me aventurasse ao 3º filho, ou filha? A minha cabeça diz uma coisa, as minhas hormonas outra... estão a gritar BEBÉ!

Maria João disse...

O meu what if tb se remete ao passado...E se eu nunca tivesse saído de portugal??

Anónimo disse...

... não tivesse perdido um dos bebés e fosse agora mãe de gémeos? Como seria? Seriam iguais? Parecidos? Qual a dinâmica familiar e todas as questões à volta do mesmo...
Mari

Duchess disse...

Sofia^: o mais incrível é que as minhas hormonas nunca fecharam a loja. Mesmo agora. Acho que nasci mesmo para ser mães de muitos:)

Mari: O meu maior what if: e se eu naquela noite tivesse dormido com o A? E se eu tivesse percebido mais cedo o que ele tinha? E se ele não tivesse tido o avc, como seria a nossa vida, sem fisioterapias em tos todas as semanas, sem planos individualizados a educação física e a educação musical; sem tanto medo da adolescência dele e da sua relação com o corpo.

se vocês se expõem assim acho que seria justo também o fazer.

Beijo grande

Mamã Petra disse...

Tento nunca ter "ses" do passado, o passado passou e nada o mudará, agora o futuro sim podemos mudar, dai eu pensar muito, neste momento o meu maior "se" prende-se com as tentativas de engravidar e os meses a passarem, e eu ansiosa, mas vai tudo correr bem.

Beijinhos

shanna disse...

ai que tocaste num ponte forte/fraco(:s)... o meu maior "SE" refere-se a uma opção tomada aos sete meses de vida do pika... e "se não tivesse voltado a estudar? e se estivesse com ele à hora do regresso da escola/banho/jantar e dormir?" teria ele hoje um comportamento diferente? seria menos exigente da nossa atenção?
we'll never know :):):) ( esta maldita culpa que nunca me larga......)
shanna e meninos

sophia disse...

Eu tenho alguns "e ses...", relativos ao passado e ao futuro. Nos do passado penso menos, mas o principal tem a ver com um cachorrito que tive e morreu. Passado tantos anos ainda penso como teria sido se o tivesse levado ao veterinário. Talvez não houvesse nada a fazer, mas não sei.
Relativamente ao futuro tenho alguns receios... E se acontece alguma coisa ao meu puto (cachorro)E se fico desempregada? E se surgem despesas imprevistas? E se continuar toda a vida ali, em condições precárias e a recibos? E se, por esse motivo, nunca tiver condições para ter um filho? E se não "arranjar" pai para esse filho? E se não puder ter filhos?

(pode vir uma pergunta mais animadita prá semana? ;p

Alexa ML disse...

O meu 'se' do passado não esteve nas minhas mãos decidir, mas ainda hoje penso muitas vezes nele. E se eu tivesse andado na pré/creche antes de ter entrado na primária? Seria hoje uma pessoa mais dada à conversa e de relacionamento mais fácil com desconhecidos? Mas lá está, além de esse já lá ter ido há muito, nem foi uma decisão que tenha dependido de mim, foi assim e por isso siga para a frente.
O 'se' do presente/futuro está em E se eu mudar mesmo de curso? Vai isto correr bem e vou finalmente encontrar alguma coisa que me deixe satisfeita?

Aiiii.. Mas são se's bem pequeninos comparados com os vossos :))

Sofia disse...

Duchess, obrigada pela generosidade e pela partilha. Não tinha ideia. O A. tem uma Grande Mãe.

Duchess disse...

Juro que para a semana sai uma pergunta mais animadita. Oxalá seja esse o meu estado de ânimo na altura!

Beijinhos a todas.

disse...

E se o tivesse deixado dar-me aquele beijo?
Como, Onde, Com quem estaria hoje?

Maria João Clavel disse...

E se eu tivesse morrido naquela noite com aquela dupla gravidez ectópica com o aparelho mirena que eu não sabia squer que estava grávda? O que seria da minha filha? E se eu morrer? Não consigo deixar de pensar nisso e ando assustada com isso... ui... acabei de me expor demasiado.

Duchess disse...

E obrigada por isso...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...