Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 21 de julho de 2012

Coisas e mais coisas. Reflexões. Pronto, chinesices.

E que bela tarde de praia que eu tive.
De manhã não deu para ir para o laréu. Primeiro trabalho. Teve mesmo de ser. E depois rumei à loja do cidadão para levantar os cartões que faltavam, o meu e o do meu querido V. By the way, porque é que ele ficou lindo e a C. também (e já agora os outros também), e eu fiquei com ares de presidiária??

E depois fui procurar aquelas cruzes de madrepérola numa loja dos chineses que me disseram que tinha coisas excelentes...mas sinceramente não vi nada de jeito. Porque é que todas as lojas de bijuteria online têm aquelas cruzes de madrepérola lindas para as miúdas, e as borlas nos fios das adultas e eu não encontro nada de nada?? Será uma espécie de sociedade secreta para a qual não fui convidada? A Opus Dei dos fios e pulseiras hippie chics. Cheguei a imaginar que lá na parte detrás da loja houvesse uma porta disfarçada e que só se entraria com senha. Fui tentar perguntar à senhora chinesa e ela atirou-me uns palavrões muito alto, em chinês, pois claro (não sei se eram palavrões mas imagino sempre que eles quando nos respondem muito alto e com muitas palavras seguidas se estão a aproveitar para gozar connosco e nos mandar passear de todas as maneiras possíveis lá na sua língua - juro que um dia aprendo chinês só para provar a minha teoria).

Depois rumámos para a praia e foi muito bom. C. comeu areia e gostou. Eu vi. Com estes olhos que a areia há-de comer. Ou a terra. Mas isso agora não interessa nada. Chorou com os pés molhados pela água gelada. Não a censuro. Também eu tive vontade de chorar mas contive-me. Mas estava-se tão bem ao sol e à sombra e na toalha. Mesmo que eu tenha levado trabalho comigo, entre uma teoria da família e outra, sempre deu para descansar e mimar a baby girl.

Depois no carro vinha  a ouvir a Luísa Sobral, no concerto que estava a dar no Marés Vivas.

E depois enquanto fazia um snack, refasteladíssima no meu sofá, vi um episódio gravado do Anderson Cooper (gosto muito, embora me comece a irritar aqueles episódios em que ele critica as pessoas, como no do padre exorcista), sobre os perigos das partilhas pessoais nas redes sociais.
Será que somos todos opinion makers a partir do momento em que escrevemos algo online? Será que podemos e devemos dizer tudo o que nos passa pela cabeça? Com ou sem filtro?
Tal como dizia no programa, devemos ter muito cuidado com o que partilhamos porque todos, TODOS, temos uma imagem pública a defender. E isto será válido mesmo para quem está atrás de um nick ou de um pseudónimo?

Parece-me que as regras não são difíceis de compreender e assimilar:

1 - Só devemos escrever para os nossos amigos, aquilo que diríamos ao nosso patrão, à nossa mãe e ao nosso filho;
2 - Cuidado com um desabafo feito a quente, no momento, porque mesmo que o apagues, não fica mesmo apagado. E pode ficar guardado durante anos;
3 - Mesmo que penses estar à vontade porque tens um círculo restrito de amigos, cada vez mais os amigos dos amigos que-não-são-teus-amigos podem aceder ao que escreves.  E copiar e guardar ou partilhar é mesmo muito fácil.

E com isto tudo fiquei sem saber se posso brincar com os chineses, se posso falar em presidiários e dizer mal do Anderson Cooper e se posso, acima de tudo, dizer que adoro a voz da Luísa Sobral quando fala mas causa-me uma irritação inexplicável quando canta.

Beijos e um excelente domingo.

4 comentários:

Alexa ML disse...

Tenho o mesmo problema com os chineses. Têm sempre tudo tudo tudo, e têm mesmo, porque eu vejo lá as coisas. Mas quando me dá uma taradinha e preciso delas, não as encontro em loja nenhuma! E corro Lisboa inteira, entro em tudo o que é chinês, indiano ou bangladeshiano e nada! Parece que adivinham o que queremos e escondem as coisas de propósito..

Resta-me informar que no meu CC também tenho ar de presidiária. Aliás, acho que ainda não encontrei ninguém que não tivesse! No meu primeiro eu estava de óculos, e diz que não se podia tê-los a ornamentar o nariz..

Ana Lemos disse...

...que belo sabado, tirando a agua fria mas se te consola saber eu nem o pé molhei...lolol
beijinhosssssssssssssssssssssss

Duchess disse...

E eu à espera que alguém me viesse dizer a senha. Humpfffffff

Bi disse...

A minha C. também adora comer areia. E adora água, mas da piscina, que consegue estar menos fria! À da praia faz caretas e bem grandes!! :)
Um beijinho*

PS- Há um miminho para este blog, no meu blog! ;))

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...