Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

No teu olhar


Quando passas e olhas, o que vês?


Sabes o que se vê quando se olha, olhos nos olhos? Vemo-nos a nós próprios. Precisamos todos de um olhar que devolva o nosso olhar. Sim, porque os olhos não servem só para ver. São mediadores de estados afectivos. Se somos vistos podemos ver. Se formos amados podemos amar. Se formos pensados podemos pensar.
A visão é pois, inegavelmente, o último sentido que resiste à distância. Quando todos os outros sentidos já não alcançam, o outro está ainda ao alcance do olhar. É que se, por um lado, o olhar ajuda a conhecer a própria separação ontológica (pois mostra-nos verdadeiramente a experiência do outro enquanto tal), por outro lado aproxima-nos (já que a visão ultrapassa as distâncias de um único golpe).
Sem dúvida que é para preencher a distância que por vezes olhamos procurando qualquer coisa, uma presença, que nos falta.
É tão difícil descrever um olhar, é tão fácil de sentir.




8 comentários:

Sandra disse...

Estes olhos dizem mesmo muita coisa!!!!!!!!!!!!

Simplesmente adoro.

Sandra Gonçalves

Andreia disse...

Que delicia :)

Full-time Mom disse...

De quem é esse lindo olhar? Da baby? :)

Duchess disse...

Não devia ter posto este olhar. Assim ninguém olha para o meu texto:):)

É da baby sim:)

TERRA DE CORES disse...

É tão fácil de sentir...
E tão reconfortante, quanto sincero, calmo, doce e meigo!
Que linda que ela está! :)

Ana disse...

Eu olhei para o textosim e concordo. Mas o olhar, derrete. Que linda bebé.
Parabéns!

Beijinhos

Tranças disse...

é o amorrrrrrrrrr.

beijo grande

dofundodabarriga disse...

Mas que riqueza tu aí tens... Muito maior do que a já muita que os olhos alcançam.
Parabéns!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...