Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Coisas de ser piegas VIII



Por vezes andamos tão focados e preocupados com quem não gosta de nós que esquecemos de quem gosta. E por vezes deixamos coisas por dizer. E por vezes arrependemo-nos. E por vezes já é tarde para voltar atrás... mesmo que nos digam que nunca é tarde. Mas por vezes é. Por vezes vivemos com medo da vida. Por vezes escondemo-nos  a um canto a ver se ela não dá pela nossa presença. Mas por vezes dá. E por vezes é bom e por vezes nem por isso. Por vezes arrependemo-nos de ter feito determinadas coisas, de ter tomado certas atitudes. E por vezes é tarde para tanto arrependimento. Mesmo que nos enganemos a dizer que nunca é tarde. Por vezes é. E por vezes gastamos tão mal o tempo. Com coisas que nos fazem sofrer. A remoer, a remoer, a remoer. 

Este post é para a minha avó, que me disse que ia continuar por cá para me ver a ter uma menina. Mas que não continuou.


Será que eu te disse tudo aquilo que te queria dizer?

6 comentários:

Ana Lemos disse...

...um post muito teu! I like...

bebexik disse...

Disse e eu gostei muito muito .....

bjns

TERRA DE CORES disse...

Mesmo que tenhamos dito tudo o que achávamos importante, se voltássemos atrás diríamos muitas outras coisas...

Hoje, eu, diria muitas outras coisas que não disse às pessoas que gostava mto e que já não estão cá. Mas tenho a certeza que elas sabiam do mais importante.

Gostei do post <3

Lilian disse...

Querida amiga a tua avó não está cá mas está no teu coração, nos gestos que repetes, nas coisas que que dizes que te fazem pensar nela, nas memórias que com o tempo se tornam cada vez mais doces. E ela só não continuou "cá" porque não pôde, mas lá onde está agora de certeza que te protege e abençoa a ti e à tua deliciosa C. Beijinhos

Uma boa parte de mim disse...

Integralmente partilhado no meu FB.
Obrigada!
Beijo gd

Duchess disse...

Ohhhhhh. Obrigada!!

Beijo grande, grande!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...